top of page

JEJUM, A PRÁTICA PERDIDA

Atualizado: 6 de mai.


SIGNIFICADO DO JEJUM

  • Abster-se de alimentos por um período determinado, este rito é praticado em várias religiões, com o objetivo de renúncia e penitência. Existe na Bíblia alguns tipos de jejuns, os mais comuns são: o jejum normal, parcial e total que iremos ver sobre cada um mais adiante.

O jejum para o Cristão é uma forma de se aproximar mais de Deus, através da humilhação para obter força espiritual, poder, cura e busca de milagres. Na Bíblia não é um mandamento, mas é assumido como uma prática que todo cristão tem e deve fazer para se ter um relacionamento mais íntimo com Deus.

Agora vamos nos aprofundar melhor sobre a prática perdida do jejum.



 

PRA QUEM É O JEJUM?

Bom o jejum é para todo o Cristão que quer ter um relacionamento sério com Deus. Na bíblia vemos vários exemplos de pessoas que jejuaram para obter algo da parte de Deus, seja adulto ou criança, como vemos no exemplo de Ester, é confirmando que os dias de Purim deveriam ser comemorados nas datas determinadas, conforme o judeu Mardoqueu e a rainha Ester tinham decretado e estabelecido para si mesmos, para todos os judeus e para os seus descendentes, e acrescentou observações sobre tempos de jejum e de lamentação. Ester 9:31


Do povo de Nínive

Os ninivitas creram em Deus. Proclamaram um jejum, e todos eles, do maior ao menor, vestiram-se de pano de saco. Quando as notícias chegaram ao rei de Nínive, ele se levantou do trono, tirou o manto real, vestiu-se de pano de saco e sentou-se sobre cinza. Então fez uma proclamação em Nínive: "Por decreto do rei e de seus nobres: Não é permitido a nenhum homem ou animal, bois ou ovelhas, provar coisa alguma; não comam nem bebam! Cubram-se de pano de saco, homens e animais. E todos clamem a Deus com todas as suas forças. Deixem os maus caminhos e a violência. Talvez Deus se arrependa e abandone a sua ira, e não sejamos destruídos". Tendo em vista o que eles fizeram e como abandonaram os seus maus caminhos, Deus se arrependeu e não os destruiu como tinha ameaçado. Jonas 3:5-10


Em joel

Decretem um jejum santo; convoquem uma assembleia sagrada. Reúnam as autoridades e todos os habitantes do país no templo do Senhor, o seu Deus, e clamem ao Senhor. Joel 1:14

 

TIPOS DE JEJUM

  • Jejum normal é o jejum onde nos abstemos somente da comida e ficamos apenas ingerindo água, um exemplo desse jejum que vemos na bíblia é o que foi feito por Jesus

Então Jesus foi levado pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo Diabo. Depois de jejuar quarenta dias e quarenta noites, teve fome. Mateus 4:1-2

Esse tipo de jejum é fácil de fazer, pois ingerimos água, e a água é uma ótima aliada no jejum, nos ajudando a eliminar as impurezas do nosso corpo e contribuindo no fortalecimento do mesmo, para que possamos conseguir o máximo de tempo em sacrifício a Deus.

  • Jejum Parcial, é o jejum onde consumidos alguns determinados alimentos e líquidos, esse tipo de jejum é mais fácil ainda de se fazer e recomendado para quem trabalha pesado ou para quem tem algum problema de saúde, podendo-se fazer por longos períodos sem risco a saúde. Vemos este exemplo de jejum na bíblia, o jejum que Daniel fez onde teve revelações do futuro.

Naquela ocasião eu, Daniel, passei três semanas chorando.3Não comi nada saboroso; carne e vinho nem provei; e não usei nenhuma essência aromática, até se passarem as três semanas. Daniel 10:2-3

  • Jejum Total. Este tipo de jejum é onde a gente se abstém de alimentos e bebidas, nem água se toma, este tipo de jejum não é recomendado por mais de três dias e muito menos para quem tem algum tipo de doença. este exemplo na bíblia encontramos em Ester onde convocou todo o povo a jejuar por três dias e três noites ao seu favor para que ela fosse falar com rei ao favor de seu povo

"Vá reunir todos os judeus que estão em Susã, e jejuem em meu favor. Não comam nem bebam durante três dias e três noites. Eu e minhas criadas jejuaremos como vocês. Depois disso irei ao rei, ainda que seja contra a lei. Se eu tiver que morrer, morrerei". Ester 4:16

 

COMO JEJUAR

Bem, a meu ver e seguindo vários exemplos da Bíblia, o jejum deve ser seguido de oração e estudo da Palavra, mesmo que seja por um curto período, devemos tirar um tempo exclusivo a isso, pois através da oração falamos com Deus nosso Pai, e através da Bíblia, Deus fala conosco e nos direciona. Todo Cristão deve jejuar pelo menos 1 ou 2 vezes na semana, para ter o quebrantamento do espírito e ser revisto da graça de Deus, para conseguirmos viver neste mundo hostil.

Só que vivemos em uma geração que não está acostumada a tirar esse período para se consagrar a Deus, uma geração que só pensa no hoje e agora, que não quer ter nenhum tipo de sacrifício, mas querem sim ter as bênçãos de Deus.

Importante também nos atentarmos ao que nos disse Jesus nos evangelhos:


Quando jejuarem, não mostrem uma aparência triste como os hipócritas, pois eles mudam a aparência do rosto a fim de que os outros vejam que eles estão jejuando. Eu digo verdadeiramente que eles já receberam sua plena recompensa. Ao jejuar, arrume o cabelo e lave o rosto, para que não pareça aos outros que você está jejuando, mas apenas a seu Pai, que vê em secreto. E seu Pai, que vê em secreto, o recompensará. Mateus 6:16-18


Neste texto observamos a importância de não transparecer estar jejuando, pois Deus não se agrada desse tipo de atitude assim como a dos judeus, é importante mantermos a nossa rotina normal, o que vai mudar é a forma como você irá se conectar com Deus, mantenha a postura e siga firme ao seu propósito.

 

Para mortificar a carne

Primeiramente porque precisamos mortificar a nossa carne, e através do jejum nós conseguimos essa vitória.

Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca.” Mateus 26.41.

Através do jejum obtemos poder sobre a carne e provamos que somos capazes de cultivar o domínio próprio, devemos estar a todo instante fortalecidos no Senhor para que ninguém tome a nossa coroa.


Porque temos vários exemplos bíblicos

Na bíblia vemos vários exemplos de pessoas de Deus que praticavam o jejum apesar de não ser um mandamento. Dentre essas pessoas destacam-se Moisés (Êx 34.28), Ana (l Sm 1.7), Davi (2 Sm 1.12; 12.22), a nação de Israel (Lv 23.27), Jesus (Mt 4.2), os discípulos de João Batista (Mc 2.18; Lc 5.33), Paulo (At 9.9) e tantos outros, até Jesus o nosso Salvador praticou o jejum para obter graça para o seu ministério. João Batista um homem cheio do poder do Senhor era um homem que praticava um dos jejuns mais radicais, e com isso ele tinha muita ousadia em falar a verdade.


Como forma de humilhação

Ali, junto ao canal de Aava, proclamei jejum para que nos humilhássemos diante do nosso Deus e lhe pedíssemos uma viagem segura para nós e nossos filhos, com todos os nossos bens. Esdras 8:21

Devemos sempre nos humilharmos na presença de Deus para não esquecermos de onde saímos e de quem somos


Expulsar os demônios

Depois de Jesus ter entrado em casa, seus discípulos lhe perguntaram em particular: "Por que não conseguimos expulsá-lo?" Ele respondeu: "Essa espécie só sai pela oração e pelo jejum". Marcos 9:28-29


Muitos cristãos da atualidade se for chamado para expulsar algum demônio, eu creio que sairia constrangido, porque não tem autoridade e muito menos a disposição para tal tarefa. Devemos estar preparados a todo instante, pois muitas vezes somos oprimidos por forças malignas e vemos pessoas aprisionadas pelas garras de satanás e devemos estar revestido de toda a autoridade que Cristo nos deu para poder repreender essas opressões em nossas vidas, mas as vezes somente esta autoridade não nos basta, por isso devemos estar sempre na prática do jejum, porque o jejum é uma fonte de poder poderosíssima se o praticarmos da maneira correta.


Porque nosso corpo é templo do Espírito Santo

Acaso não sabem que o corpo de vocês é santuário do Espírito Santo que habita em vocês, que lhes foi dado por Deus, e que vocês não são de vocês mesmos? Vocês foram comprados por alto preço. Portanto, glorifiquem a Deus com o seu próprio corpo. 1 Coríntios 6:19-20


Neste texto de Paulo, ele está se referindo a imoralidade sexual, onde ele nos lembra que o nosso corpo é templo e morada do Espírito Santo e fomos comprados por alto preço. Uma das maneiras mais eficazes de nos mantermos puros contra este tipo de pecado é justamente a prática do jejum, onde devemos abandonar toda prática pecaminosa que nos afasta de Deus, e voltarmos ao primeiro amor, pois Deus não habita em ambiente sujo.


Para se ter intimidade com Deus

Se nós queremos mergulhar mais fundo para conhecer a Deus, nada mais poderoso do que o jejum, oração e estudo da Palavra, os três estão interligados, se estamos cansados dessa vida medíocre de servir a Deus de qualquer maneira devemos recorrer o mais rápido a essas práticas. E como consequência seremos recompensados por Deus pelo nosso esforço


Portanto, humilhem-se debaixo da poderosa mão de Deus, para que ele os exalte no tempo devido. 1 Pedro 5.6


Que possamos praticar este pilar tão importante para a vida cristã.



24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page